Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Mozambique Websites & Idiomas Skip to Content

Ainda existem controvérsias em alguns países em relação ao uso de organismos geneticamente modificados (OGM).

Com anos de experiência neste campo, a SGS fornece serviços de ensaios de OGM que oferecem uma metodologia comprovada e resultados que serão reconhecidos mundialmente.

Nossos ensaios de OGM podem ajudar a inspirar a confiança do consumidor e garantir que suas rações cumpram com os controles nacionais e internacionais apropriados. O método que usamos é a tecnologia de reação da cadeia de polimerase (PCR) padronizada que quantifica todos os OGMs presentes nas suas amostras de ração. Isso proporciona a verificação independente que você precisa para operações de negócios confiantes com países que especificam produtos livres de OGMs.

Detecção de OGMs quantitativa, baseada em DNA - amostras de semente

Utilizamos este teste para confirmar a ausência ou presença de material de planta geneticamente modificada em uma amostra e semente ou tecido de planta. O teste utiliza uma combinação de dois ensaios de PCR específicos destinados a esses elementos genéticos: promotor e NOS terminador do vírus do mosaico da couve-flor (CMV) 35S. Utilizando este teste, podemos detectar uma grande maioria de variedades de plantas geneticamente modificadas na produção comercial mundial.

Detecção de OGMs quantitativa, baseada em DNA - amostras de alimentos

Ao analisar alimentos processados, pode ser difícil detectar material derivado de plantas geneticamente modificadas devido à sua degradação durante o processo de produção. Por exemplo, métodos de detecção baseados em proteína são inadequados porque o processo de produção do alimento pode destruir a proteína derivada de qualquer ingrediente geneticamente modificado.

No entanto, utilizamos técnicas de análise de DNA mais sofisticadas para detectar a presença de eventos GM. Esses eventos podem estar presentes no DNA de alimentos processados, incluindo pão, farinha, leite de soja, tofu e óleos vegetais. Depois de extrair o DNA desses produtos, utilizamos uma combinação de dois ensaios PCR específicos destinados a esses elementos genéticos: Promotor e terminador nos CMV35S.

Os testes PCR quantitativos baseados no DNA utilizam padrões para determinar níveis de OGM de 0,01 % a 5 %. As amostras são testadas com PCR em tempo real, que determina níveis de DNA específicos durante um período de 40 ciclos.

Laboratórios aprovados e acreditados.

Para manter nossa reputação de independência, integridade e inovação, nossos laboratórios de ensaios de OGM operam sob diretrizes rígidas, e são acreditados pela ISO 170258 e ISO 9001:2008. Compostos por cientistas e técnicos altamente experientes, nossos laboratórios também receberam a aprovação de várias associações alimentícias. Utilizamos métodos internacionais em todos os nossos laboratórios, validando o método em cada local. A participação no teste de proficiência para eventos OGM é concluída anualmente, e temos um laboratório credenciado pela Associação Internacional de Ensaios de Sementes (ISTA) para teste de OGMs.

Se quiser nossa ajuda para atingir a conformidade total com os regulamentos de isenção de OGM, entre em contato agora com a SGS para saber mais.