Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Mozambique Websites & Idiomas Skip to Content

Na maioria das minas, o circuito de moagem é o maior ou segundo maior investimento de capital.

Com o aparecimento das operações de baixo grau-alta tonelagem, isso se tornou especialmente verdadeiro, porque a economia dita o uso do maior equipamento de moagem para maximizar a economia de escala. É importante ter confiança em seu projeto de circuito de moagem, sem margens de segurança arbitrárias, para assegurar uma economia de projeto positiva.

A SGS tem uma solução comprovada para projetos de circuitos de moagem, otimização e prognóstico de produção durante o desenvolvimento ou operações.

Nos primeiros estágios de um projeto, testes de laboratório em escala são usados para caracterizar amostras de minério.

Testes de laboratório

  • Teste de moabilidade Modbond
  • Ensaio de abrasão
  • Teste de moabilidade de trituração de escórias de vínculo
  • Teste de impacto de baixa energia de Bond
  • Teste de Bond de moabilidade de trem de fio
  • Rolos de moagem de alta pressão (HPGR)
  • Avaliação Isamill
  • Teste de queda de peso JK
  • Índice de trabalho comparativo de laboratório
  • Teste de moabilidade autógena de MacPherson
  • Teste de carga de ponto
  • Designação da qualidade da rocha (RQD)
  • Teste de fragmentação de moagem SAG (SMC)
  • Teste de Índice de Energia SAG (SPI)
  • Teste de pressão estática (SPT)
  • Teste triaxial e teste de compressão uniaxial

Para simulações de projeto subsequentes, são usados a Comminution Economic Evaluation Tool (CEET®, ferramenta de avaliação econômica de fragmentação) e o JK SimMet.

Na fase de estudo de viabilidade ou para prognósticos de produção, um modelo mais rigoroso de maciço de jazida é criado, usando a metodologia geometalúrgica pioneira da SGS. A incerteza do projeto é quantificada usando técnicas estatísticas.

Plantas-piloto

Devido ao tamanho, complexidade ou desejo de um tempo de início mínimo ou de eficiência operacional máxima, não há substituto para os testes-piloto. Os melhores programas-piloto têm o suporte de uma meticulosa caracterização em laboratório do maciço de jazida e simulação de circuito.

Processo de beneficiamento

A SGS oferece uma ampla variedade de serviços de teste para os setores de carvão e minério de ferro. A nossa extensa rede global de laboratórios e instalação de testes metalúrgicos suporta a maioria dos processos que são utilizados na exploração e tratamento do minério de ferro e do carvão em todo o mundo. Todas as técnicas de separação física podem ser testadas na SGS, tanto em laboratório como em escala de planta-piloto. Somos especialistas em técnicas de beneficiamento incluindo:

  • Depuração
  • Teste de Índice de Energia SAG (SPI)
  • Testes de vínculo
  • Teste de queda de peso JK
  • Separação por gravidade
  • Separação magnética
  • Flotação

Nossa experiência

Os processadores de minerais da SGS operaram várias plantas de SAG e conduziram mais de 500 plantas-piloto SAG. Projetamos a maior base de instalação de controle avançado (sistemas especialistas) para circuitos de fragmentação do mundo. Nossa lista de referências demonstra a nossa experiênca global e inclui circuitos de moagem, tanto pequenos como grandes, incuindo o maior circuito de moagem do mundo, a planta SAG de 40 pés da Collahuasi Rosario.

A filosofia da SGS é entender a variabilidade do seu minério e depois projetar, otimizar ou fazer previsões a partir deste conhecimento. Oferecemos tecnologias comprovadas das disciplinas geológicas e de processamento, confiando não apenas em uma metodologia, mas em muitas, para oferecer uma solução viável e incomparável em seu rigor.